BPF Boas práticas de fábricação

Entenda O Que São as BPF e Quais as Diretrizes de Boas Práticas de Fabricação!

As BPF, ou boas práticas de fabricação, são um conjunto de medidas que devem obrigatoriamente ser adotadas por indústrias para garantir que seus produtos estejam alinhados com as exigências sanitárias e de qualidade. 

Muito usadas nos setores de fabricação de alimentos, medicamentos e produtos médicos, essas medidas são obrigatórias e previstas por lei.

Neste artigo, você vai conhecer melhor as BPF e as suas diretrizes, além de entender a importância de colocar essas medidas em vigor no seu negócio. Acompanhe!

O Que É BPF?

As Boas Práticas de Fabricação (BPF) são um conjunto de procedimentos criados para garantir um padrão mínimo de qualidade em processos de fabricação. 

As medidas previstas pelas BPF dizem respeito não só aos processos de fabricação propriamente ditos, mas também regulam a armazenagem, comércio e até o transporte de diversos tipos de produtos.

Seguir as BPF é obrigatório e elas estão estabelecidas pelas seguintes leis:

As indústrias que não cumprirem as BPF podem sofrer penalidades que vão desde advertência e multas até o cancelamento do alvará de funcionamento do estabelecimento.

Quem Regula as Boas Práticas de Fabricação?

quem regula a BPF

As Boas Práticas de Fabricação foram divulgadas pela Organização Mundial da Saúde em 1992 e, desde então, vêm sendo adotadas em diversos países. 

Hoje em dia, mais de 100 nações seguem regras sobre processos de fabricação de produtos biológicos e farmacêuticos, como Austrália, Estados Unidos, países da Europa, China, Filipinas e Vietnã.

Aqui no Brasil, as BPF são fiscalizadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que toma como base a legislação sanitária do governo federal. A depender do setor, as regras mudam, pois, o órgão faz exigências específicas para cada tipo de produto.

Quais São as 10 Diretrizes Básicas da BPF?

quais são as 10 diretrizes básicas da BPF?

Para que as indústrias consigam cumprir os objetivos das BPF, que é uma produção sem contaminação, com segurança e alta qualidade, é preciso seguir algumas diretrizes básicas. Saiba mais sobre cada uma delas!

Estabeleça Bons Procedimentos Escritos

Quando os procedimentos são documentados de forma clara e objetiva, todas as pessoas envolvidas nos processos conseguem entender quais são as atividades que devem ser desenvolvidas e o que é esperado de cada uma delas. 

Dessa forma, o trabalho é padronizado e todos os processos acontecem de acordo com as mesmas normas, gerando produtos de qualidade semelhante.

Qualifique e Valide Processos

Além de documentar os procedimentos, todos eles devem ser testados e validados. É nesta etapa que acontecem os famosos testes de qualidade, que vão atestar que os procedimentos em questão são eficazes e geram os resultados esperados.

Identifique Papéis e Responsabilidades

Quando cada colaborador da indústria sabe exatamente qual é o seu cargo e quais são as atribuições, todo o time sofre menos com mal-entendidos e falhas de comunicação. 

Mantenha Todos os Registros

Os registros permitem que a gestão da indústria mapeie e rastreie todas as atividades realizadas em sua operação. Assim, em casos de erros, é possível analisar essas informações para entender o que deu errado.

Além disso, a documentação ajuda na identificação de obstáculos, gargalos, reclamações e outras questões que, após resolvidas, podem tornar o trabalho mais eficiente.

Use as Instalações e Equipamentos Certos

Toda a estrutura da indústria deve ser montada com o objetivo de contribuir para a qualidade e segurança do que está sendo fabricado, desde a construção do edifício até a manutenção dos equipamentos.

Monte Uma Equipe Competente

É fundamental que todos os trabalhadores sejam bem treinados. Assim, saberão o que é um produto de qualidade e o que fazer para consegui-lo, além de evitar acidentes de trabalho.

Pratique Boa Higiene

A boa higiene é fundamental na indústria, principalmente quando se trata da fabricação de alimentos. Isso garante a segurança dos trabalhadores e diminui consideravelmente os riscos de contaminação.

Mantenha Instalações e Equipamentos

A manutenção industrial é uma grande aliada das BPF, pois garante o bom funcionamento de todo o maquinário, evitando paradas não programadas, erros na operação e contaminação. 

Por isso, uma boa prática é fazer inspeções regulares, identificando pontos de melhorias antes que eles se tornem problemas.

Garanta Qualidade

Todos os materiais que fazem parte dos processos de fabricação devem ser analisados antes de serem usados na produção. 

Dessa forma, você assegura que eles atendem às especificações e que sejam armazenados de forma correta, mantendo a sua segurança e integridade. 

Use Listas de Verificação de Auditoria BPF

As listas de verificação das BPF funcionam como checklists e ajudam você a garantir que todos os pontos fundamentais estabelecidos pela Anvisa estão sendo cumpridos. 

Quais São as Vantagens de Aplicar as BPF?

A implementação das BPF em uma indústria, além de garantir que o negócio funcione dentro da legalidade, traz uma série de benefícios. 

O mais óbvio deles é a garantia da qualidade dos produtos, que além de seguros para os consumidores, agradam mais e, por isso, podem trazer resultados melhores para a empresa.

Outra vantagem é o maior controle sobre os processos da empresa, o que resulta em um trabalho mais produtivo e na redução de custos com manutenção, substituição e até demandas judiciais. 

Seguir as BPF’s também torna o trabalho mais seguro para os funcionários e melhora a imagem da empresa perante um mercado cada vez mais competitivo e exigente.

Conclusão

Apesar de muito importante, as BPF’s ainda deixam de ser implementadas por diversas empresas. A falta de informação sobre elas é um dos principais motivos. 

Por isso, se você leu este artigo até o fim e ainda não implementou essas práticas na sua empresa, já deu o primeiro passo, que é saber mais sobre elas e conhecer a sua importância.
Agora é hora de começar a aplicá-las — faça um diagnóstico higiênico-sanitário da sua empresa, estude as regras estabelecidas pela Anvisa e elabore um Manual de BPF para a sua indústria!

Deixe um comentário

8 + 3 =