Data driven o que é, vantagens e como adotar na empresa?

Entenda O Que É Data Driven, Quais as Vantagens e Como Adotar na Sua Empresa!

Hoje em dia, praticamente tudo o que fazemos vira dados. E a análise dessas informações pode trazer insights e conhecimentos valiosos para uma empresa! Quando isso acontece, esses negócios são chamados de data driven.

Neste artigo, você vai entender melhor o que é cultura data driven, como funciona e poderá conferir as nossas dicas para aplicar esse mindset na sua empresa. Boa leitura!

O Que É Data Driven?

O termo data driven quer dizer “orientado por dados” e se refere a processos e decisões embasados na coleta e análise de informações. É importante deixar claro que data driven não é uma ferramenta, mas uma metodologia.

Empresas data driven são aquelas que coletam dados das mais diversas fontes, tanto internas como externas, e usam essas informações a seu favor na hora de tomar decisões estratégicas. Assim, deixa-se de lado a intuição e os achismos.

À medida que uma empresa vai analisando os dados que coleta, vai criando inteligência sobre os seus próprios processos e, com o passar do tempo, consegue transformar esses dados em respostas para o sucesso do negócio.

Como É a Cultura Data Driven?

A cultura data driven, quando adotada pelas empresas, contribui com o entendimento de todo o time sobre a importância da análise de dados para a tomada de decisão. 

E aqui não estamos falando somente sobre decisões que envolvem a liderança de um negócio, mas também de pequenos passos dados no dia a dia, até mesmo na operação.

A cultura data driven permite que todos trabalhem com uma gestão de risco mais bem elaborada, afinal, os funcionários são incentivados a tomar decisões com base em análises de erros e acertos. 

Quando o time sabe que tipo de iniciativa costuma trazer bons resultados e quais ações trazem prejuízos, fica muito mais fácil definir os próximos passos de cada projeto.

Por Que Vale a Pena Investir em Uma Solução de Data Driven?

As empresas data driven conseguem acessar informações sobre o negócio de forma mais clara e obter dados qualificados. Isso, como você pode imaginar, traz uma série de benefícios. Conheça os principais!

Por que vale a pena investir em uma solução de data driven:

Reduzir riscos;
Melhor avaliação de ROI;
Poder de predição;
Maior autonomia para os colaboradores.

Reduzir Riscos

As equipes que trabalham com dados em vez de opiniões tendem a tomar decisões mais acertadas. Dessa forma, diminuem os riscos de erros, prejuízos ou necessidade de retrabalho.

Melhor Avaliação de ROI

Analisando dados, é possível avaliar com mais clareza o Retorno Sobre Investimento (ROI) de cada iniciativa. Essa prática permite que o time entenda, em tempo real, quais ações estão trazendo melhores resultados. 

Assim, dá para tomar providências o mais rápido possível para otimizar as ações que estão dando certo e refazer ou deixar de lado aquelas que não estão trazendo os resultados esperados.

Poder de Predição

Empresas que conseguem analisar e cruzar dados em volume maior podem identificar padrões e, com isso, prever tendências e cenários futuros. 

Com esse conhecimento, é possível se antecipar ao mercado de forma estratégica, saindo na frente dos concorrentes e ocupando um lugar de destaque.

Maior Autonomia Para os Colaboradores

Quando todo o time tem acesso aos dados sobre suas atividades, cada pessoa consegue tomar boas decisões individualmente, sem a necessidade de consultar a liderança ou esperar aprovação dos seus gestores para cada iniciativa.

Essa autonomia engaja e motiva os colaboradores, que, naturalmente, se tornam mais produtivos.

Quem Pode Adotar a Cultura Data Driven?

Qualquer empresa que queira adotar a cultura data drive pode fazer isso. Mas é preciso fazer algumas adaptações! Não basta adquirir os melhores softwares de coleta de dados e automação – é preciso promover o novo mindset no ambiente de trabalho.

O primeiro passo para isso é garantir que a liderança entende o conceito e conhece a importância do data driven no mercado atual. Depois, será necessário traçar planos para incorporar essa cultura no dia a dia dos funcionários.

Outra coisa que pode contribuir para o sucesso na adoção de uma cultura data driven é um ambiente propício à inovação e o estímulo ao desenvolvimento da capacidade de analisar dados.

Como Aplicar Data Driven na Sua Empresa?

Agora que você sabe o que é cultura data driven e entende a importância dessa metodologia para a obtenção de bons resultados, é hora de entender como levar esse mindset para o seu negócio. Confira nossas dicas!

Aprenda a Interpretar os Dados

A interpretação de dados é a habilidade mais importante na cultura data driven. Não adianta receber um grande volume de informações se você não consegue extrair delas conhecimento e insights.

Por isso, é importante investir na contratação de profissionais capacitados e no treinamento das pessoas que já fazem parte do seu time, mas ainda não dominam essa habilidade.

Faça Transformações na Sua Cultura

Para que os processos data driven sejam bem-sucedidos, é muito importante que esse mindset faça parte da sua cultura organizacional. 

Todos precisam compreender a importância da análise de dados para uma tomada de decisão acertada e é muito importante que os gestores liderem pelo exemplo.

Utilize Boas Soluções

Assim como não é interessante ter muito volume de dados e não saber como analisá-los, não é produtivo saber como analisar e não ter acesso às informações necessárias. 

Para garantir que toda a sua equipe tenha acesso a dados valiosos, conte com a tecnologia como sua principal aliada.

Invista em uma ferramenta que faça a coleta, armazenamento e cruzamento dos dados, além de gerar relatórios e fornecer insights.

Na hora de escolher a ferramenta ideal, não se esqueça de considerar as necessidades e especificidades do seu tipo de negócio!

Data Driven vs. Analytics Driven: Quais as Diferenças?

data driven: conceito quantitativo vs analytics driven: conceito qualitativo.

Data driven e analytics driven são dois conceitos que vêm da ciência de dados e são interdependentes, mas significam coisas diferentes. 

Data driven é um conceito mais voltado para uma análise quantitativa, enquanto o analytics driven tem uma abordagem mais qualitativa.

O data driven se baseia em análise de números e modelos preditivos – já o analytics driven busca padrões e relações entre os dados.

Podemos dizer, portanto, que o analytics driven é um passo além do data driven, pois usa a interpretação de contextos para encontrar significados para os dados.

Conclusão

O mindset data driven já deixou de ser uma tendência e hoje é uma das características fundamentais para o sucesso de um negócio. 

A análise de dados traz benefícios dos quais as empresas não podem abrir mão em um mercado competitivo, como a diminuição dos riscos, tomadas de decisões acertadas e até redução de custos.

Para colocar essa metodologia em prática, a tecnologia deve ser a sua principal aliada. Mas não deixe de investir recursos e esforços na conscientização de todas as pessoas que trabalham com você sobre a importância da orientação por dados para o negócio.

Deixe um comentário

um × quatro =