homem-mulher-estoque-anotando

Conheça os benefícios de um estoque de segurança e como calculá-lo

Você sabia que o estoque de segurança está diretamente relacionado ao sucesso das suas vendas? Para garantir que não faltem produtos ou para reduzir o volume de itens com pouca saída, que ocupam espaço, é fundamental saber o que é e como calculá-lo.

No post de hoje, vamos explicar melhor esse conceito, além de mostrar a importância de manter uma margem de segurança em seus itens estocados na sua empresa e como calculá-lo. Continue lendo para saber mais sobre o assunto!

O que é o estoque de segurança e qual a sua importância? 

O estoque de segurança corresponde ao armazenamento de produtos para momentos de exceção em sua indústria ou distribuidora. Assim, os itens que o compõem não são vendidos da mesma maneira daqueles armazenados no estoque central. A boa notícia, é que é possível calcular a quantidade de itens necessários para a sua empresa. 

Para indústrias e distribuidoras, ter um estoque de segurança é importante para garantir uma gestão mais eficiente dos seus produtos e não perder oportunidades no mercado. Mas os benefícios não param por aí. Veja agora quais as vantagens de calculá-lo e ter os itens armazenados para quando for preciso! 

Vantagens de calcular o estoque de segurança 

Separamos uma lista com os benefícios que o cálculo do  estoque de segurança traz para a sua empresa. Veja agora!

1 – Facilitar na gestão de estoque

O cálculo do estoque de segurança contribui para o planejamento de compras e, consequentemente, facilita a gestão dos itens armazenados. Isso porque, com tudo bem organizado, é mais simples saber quando um produto irá faltar. 

Além disso, esse cálculo obriga o gestor a saber qual a sua demanda diária, aumentando o controle que tem sobre o negócio como um todo. A partir dessas informações, a gestão de estoque ganha em eficiência e previsibilidade. 

2 – Evitar a perda de vendas

Se você está com o estoque de segurança em dia na sua empresa, evita perder vendas por falta de algum produto. Isso acontece muito em situações fora da rotina do negócio, em que há uma demanda inesperada. 

Nesse caso, com o estoque de segurança, é possível suprir essa necessidade e garantir as vendas. Além disso, ter os itens em reserva aumenta a credibilidade junto aos clientes, que sabem que podem confiar em você, inclusive em casos excepcionais. 

sistema de controle de estoque webmais

3 – Evitar a queda no fluxo de produção 

Para as indústrias e distribuidoras a falta de um produto pode resultar em queda no fluxo de vendas, o que compromete a empresa como um todo e suas finanças no final do mês. Com um estoque de segurança, essa situação é evitada, já que ele garante o armazenamento de itens para emergências. 

Assim, mesmo que determinado produto falte no estoque tradicional, com o de segurança, o fluxo de produção fica garantido. Por isso, é tão importante saber a quantidade de itens necessária para cobrir casos como esse. 

4 – Reduzir o custo com armazenagem

Sabendo exatamente a quantidade de produtos a ser estocada, você evita ocupar um espaço desnecessário no estoque. Com isso, reduz os custos com armazenagem, podendo aplicar esse valor que sobrou em áreas relevantes para a sua empresa. 

Muitos gestores podem pensar que quanto mais itens estocarem, melhor, porque sempre terão a quantidade de mercadoria demandada para emergências. Mas armazenar mais produtos do que o necessário causa aumento de custos, além de elevar o risco de desperdício. O cálculo do estoque de segurança ajuda você a entender o quanto é preciso armazenar, evitando todo esse cenário. 

5 – Facilitar o controle de produtos perecíveis

Se você trabalha com produtos perecíveis, sabe que um dos pilares da gestão de estoque é monitorar a data de validade desses itens. Isso vale também para quando falamos de estoque de segurança. Assim, não é porque ele é destinado a emergências, que você vai armazenar uma quantidade grande de produtos sem ter um critério definido para isso. 

Afinal, os itens perecíveis têm um prazo de validade mais curto e não podem ficar guardados por muito tempo. Nesse sentido, o cálculo de estoque de segurança ajuda a saber a quantidade de produtos perecíveis a serem armazenados sem comprometer a validade deles. 

Diferença entre estoque de segurança e o mínimo 

Embora os nomes possam ser confundidos e os conceitos sejam parecidos, o estoque mínimo e o estoque de segurança não significam o mesmo. Enquanto o primeiro indica o ponto em que deve ser feito o reabastecimento do estoque, o segundo funciona como se fosse uma “reserva de emergência” dos itens armazenados. 

Assim, ele é uma espécie de proteção caso o estoque regular se esgote e aconteçam problemas com o reabastecimento. Mas como calcular esse fator? É o que vamos ver a seguir!

Como calcular o estoque de segurança?

O cálculo é bem simples. Para descobri-lo, multiplica-se a demanda média diária pelo tempo de entrega. A fórmula utilizada para isso é a seguinte:

Demanda média diária x Tempo de entrega  = Estoque de segurança 

Vamos aplicá-la a uma situação prática? Se a sua indústria ou distribuidora tem uma demanda média diária de 100 produtos e o tempo para que esses itens sejam entregues é de 5 dias úteis, o estoque de segurança corresponde a:

 100 x 5 = 500 (esta é a quantidade de itens necessária para compor o estoque de segurança)

Viu como é fácil descobrir? Agora que você já sabe as vantagens desse cálculo e como fazê-lo, vamos explicar como um sistema ERP pode ajudar a sua organização na gestão de estoque. Confira!

Como um sistema ERP pode ajudar?

A adoção de um sistema ERP beneficia todas as áreas do seu negócio, inclusive a gestão e o controle de estoque. Uma plataforma como essa possui diversos tipos de relatórios para ajudar a sua indústria ou distribuidora nesse gerenciamento. 

Alguns exemplos nesse sentido são os relatórios de necessidade de compra, movimentação de estoque e curva ABC de faturamento. Além desses, um ERP robusto também oferece relatórios que indicam se o armazenamento de determinado item atingiu o estoque de segurança.

Deixe um comentário

sete − um =