Entenda O Que É a Gestão de Conflitos, Qual a Sua Importância e Como Fazer!

Entenda O Que É a Gestão de Conflitos, Qual a Sua Importância e Como Fazer!

Com empresas cada vez mais diversas, contratando pessoas com diferentes culturas e histórias de vida, a gestão de conflitos vem se tornando uma das principais práticas do RH dentro dos negócios. 

Divergências entre colaboradores são normais e acontecem em quase todos os ambientes de trabalho, mas, quando esses eventos não são bem gerenciados, podem trazer impactos negativos para a empresa. 

Alguns exemplos são a baixa produtividade, baixo engajamento de colaboradores e alta rotatividade – afinal, ninguém quer trabalhar em um ambiente com um clima desagradável.

Neste artigo, você vai saber mais sobre a gestão de conflitos, conhecer a sua importância dentro das empresas e aprender a fazer isso no dia a dia do seu negócio. 

Continue lendo!

Sistema para gerenciamento de distribuidoras: automatize sua administração de ponta a ponta

O Que É Gestão de Conflitos?

A gestão de conflitos é uma prática que envolve uma série de medidas e ações para estabelecer um ambiente de trabalho saudável. O seu objetivo é encontrar soluções para as divergências entre as pessoas, garantindo o bem estar de todos e a harmonia na empresa.

Além de tomar atitudes para resolver conflitos depois que eles acontecem, os responsáveis por essa área também traçam planos para evitar que eles aconteçam. 

Algumas medidas comuns nesse sentido são a promoção de eventos como happy hour com os colaboradores, atividades descontraídas com o time, trocas de feedbacks e reuniões com pessoas de opiniões diferentes para debater temas do cotidiano.

É importante deixar claro que o objetivo da gestão de conflitos não é fazer com que todas as pessoas que trabalham em uma empresa tenham as mesmas opiniões e concordem com todas as decisões tomadas

Mas sim fazer com que, mesmo mantendo as diferenças, todas se respeitem e consigam conviver em harmonia.

Quais São as Principais Causas de Conflitos nas Organizações?

Quais São as Principais Causas de Conflitos nas Organizações?

Mudanças;
Conflitos entre departamentos;
Pressão por resultados;
Má distribuição de recursos;
Falha de comunicação;
Abuso de poder.

Os debates são inevitáveis dentro das organizações, principalmente naquelas que têm uma grande quantidade de colaboradores. 

Cada pessoa tem a sua história e o seu jeito de encarar a vida e, assim como acontece na vida pessoal, as pessoas também discordam na vida profissional.

Os conflitos dentro da empresa podem ser de dois tipos: internos e externos. 

Os internos são aqueles que acontecem por divergências de opiniões acerca do trabalho, enquanto os externos envolvem elementos que não dizem respeito às atividades da empresa, como opiniões políticas ou econômicas.

Essas são as causas mais comuns de conflitos dentro das empresas:

  • mudanças: elas são inevitáveis, mas sempre causam conflitos nas empresas. Novos diretores, gerentes e até novos softwares podem causar divergências entre as pessoas de um time;
  • conflitos entre departamentos: é comum que cada time queira priorizar as suas necessidades e isso acaba causando atritos com outros setores da mesma empresa;
  • pressão por resultados: funcionários que se sentem pressionados para entregar resultados trabalham mais estressados e são mais propensos a entrar em conflito com os colegas;
  • má distribuição de recursos: quando a distribuição é feita sem estratégia, é comum haver divergência entre os setores;
  • falha de comunicação: garantir uma comunicação clara e transparente é um dos principais desafios dentro das empresas, e nem sempre esse objetivo é alcançado;
  • abuso de poder: líderes tóxicos podem ter conflitos com o seu time ou gerar conflitos entre as pessoas da equipe.

Qual a Importância de Ter Uma Gestão de Conflitos na Sua Empresa?

A gestão de conflitos nas empresas visa garantir um ambiente de trabalho saudável e harmonioso, e isso, sem dúvidas, influencia a produtividade e engajamento dos colaboradores, além da estabilidade emocional diante dos desafios do dia a dia.

A prática também é importante para fortalecer a cultura organizacional, alinhando os objetivos de todos e fomentando o espírito de colaboração.

Isso tudo ajuda a empresa a se manter competitiva no mercado, já que funcionários satisfeitos, tranquilos e engajados entregam resultados melhores e de maneira mais rápida. 

Quais São os Erros Mais Comuns na Gestão de Conflitos?

E não são só os colaboradores que cometem erros ao se envolver em conflitos no ambiente de trabalho. 

O time de Recursos Humanos responsável por essa área deve estar sempre de olhos abertos para identificar situações que precisam de intervenção e pronto para tomar as devidas providências o mais rápido possível, evitando que o conflito perdure e traga impactos negativos para a empresa.

Esses são os erros mais comuns na gestão de conflitos nas organizações:

  • adiar a resolução: como falamos, o time de gestão de conflitos precisa agir o mais rápido possível, evitando que a situação piore ou envolva ainda mais pessoas;
  • não resolver os conflitos: ignorar o conflito e deixá-lo se estender é um grande erro, cometido principalmente quando o conflito não causa impactos imediatos à produtividade;
  • impor a opinião: fazer isso e não apresentar argumentos pode criar um clima ainda mais desagradável no ambiente de trabalho.

Quais são os Benefícios de Uma Gestão de Conflitos?

Uma boa gestão de conflitos traz muitos benefícios para a empresa. Conheça os principais!

1 – Apoia a Diversidade nas Empresa

A diversidade é uma tendência que chegou para ficar e está diretamente relacionada ao crescimento das organizações. Segundo um relatório divulgado pela consultoria McKinsey, empresas diversas têm 14% mais chances de superar seus concorrentes.

2 – Aumenta a Criatividade

Times mais diversos, naturalmente, constroem soluções mais criativas, afinal, pessoas diferentes podem pensar em diferentes soluções para um mesmo problema. 

3 – Estimula a Construção de Um Ambiente Colaborativo

Quando todos os colaboradores conseguem conciliar as suas opiniões e lidar com as suas frustrações sem transformá-las em conflitos com colegas ou líderes, os níveis de satisfação com o trabalho aumentam. 

E, como você já sabe, isso tem tudo a ver com o aumento da produtividade!

4 – Melhora a Retenção de Talentos

Profissionais de alta performance tendem a deixar os ambientes nos quais não se sentem confortáveis para trabalhar. Se você quer reter esses talentos na sua empresa, invista na gestão de conflitos para garantir um ambiente saudável para todos!

5 – Diminui o Absenteísmo e Presenteísmo

O absenteísmo acontece quando o colaborador falta ou se atrasa com frequência. Já o presenteísmo é quando o colaborador até está presente na empresa, mas não se concentra no trabalho e tem baixa produtividade.

Quais são os Benefícios de Uma Gestão de Conflitos?

1 - Apoia a Diversidade nas Empresa;
2 - Aumenta a Criatividade;
3 - Estimula a Construção de Um Ambiente Colaborativo;
5 - Melhora a Retenção de Talentos;
6 - Diminui o Absenteísmo e Presenteísmo.

Como Fazer a Gestão de Conflitos na Prática?

Apesar de ser desafiadora, a gestão de conflitos, quando feita com eficiência, pode contribuir com o crescimento da empresa. Confira as nossas dicas para uma boa gestão:

  • assuma responsabilidades;
  • lidere pelo exemplo;
  • estimule a comunicação entre todas as pessoas;
  • garanta a transparência na comunicação da empresa com seus colaboradores;
  • pratique a escuta ativa;
  • determine prazos e delegue tarefas, mas esteja aberto a negociar com o time;
  • aceite que nem todas as diferenças podem ser superadas – mas é possível conviver com elas;
  • estimule o diálogo entre as partes envolvidas;
  • contribua com a construção de uma saída colaborativa;
  • estimulem que todos repensem as suas opiniões depois de ouvir argumentos dos outros;
  • estabeleça um período de adaptação da solução e monitore os envolvidos.

Conclusão

A diversidade nas empresas é algo positivo e os conflitos são um preço pequeno a se pagar para garantir um ambiente igualitário, inclusivo e justo. A parte boa é que, com uma gestão de conflitos eficiente, é possível ajudar todos a conviverem com as suas diferenças e respeitá-las.

Um dos pontos fundamentais aqui é o desenvolvimento da inteligência emocional, importante para que os colaboradores saibam lidar com frustrações sem deixar que elas interfiram na sua produtividade e rotina.

Deixe um comentário

dezoito − 12 =