Movimentação de carga 9 dicas para ter mais eficiência

Entenda O Que É Movimentação de Carga! + 9 Dicas Para Ter Movimentação Mais Eficiência!

A movimentação de carga envolve os processos de transporte de materiais e produtos dentro das empresas, em estoques, galpões e armazéns, e fora, em rotas de entrega para clientes.

Fazer uma boa gestão dessa movimentação é importante para que a empresa controle os seus gastos, mantenha a integridade e qualidade dos produtos e ofereça boas experiências para seus consumidores.

Neste artigo, você vai conferir as nossas dicas para fazer uma gestão eficiente da movimentação de carga e entender como a tecnologia pode ajudar. Boa leitura!

O Que É Movimentação de Carga?

A movimentação de cargas envolve as diversas etapas que fazem parte dos processos de transporte e içamento de determinados ativos. Normalmente, ela é feita com o auxílio de máquinas e equipamentos.

A movimentação de cargas pode ser feita com vários objetivos — otimizar seu armazenamento e entregar produtos aos seus destinatários são dois exemplos comuns.

fatores para um processo de movimentação de carga bem sucedido

O processo de movimentação de cargas deve envolver alguns fatores para que seja bem-sucedido:

  • gestão de frota;
  • planejamento das rotas;
  • gestão de documentos exigidos para o transporte;
  • controle de custos;
  • gestão de riscos.

Como Tornar a Movimentação de Carga Mais Eficiente?

Empresas que lidam com grande volume de cargas precisam planejar muito bem todas as etapas da sua movimentação de carga. O foco do gestor responsável pelo processo deve ser sempre a criação de meios para que a logística seja mais dinâmica e eficiente.

Isso vai trazer benefícios como a redução de custos, mais agilidade na entrega, maior produtividade e até a melhora da experiência dos clientes.

A seguir, trazemos um passo a passo para ter uma movimentação de cargas bem-sucedida!

9 dicas para tornar a movimentação de carga mais eficiente

1 – Planeje e Tenha Metas Claras

O planejamento é importante em todos os setores de uma empresa, mas, quando se trata de logística, ele é ainda mais especial. Um bom planejamento estratégico com objetivos definidos e metas claras é fundamental para bons resultados.

É por meio dele que o gestor vai saber quais ações precisam ser tomadas para garantir todos os equipamentos necessários, bem como treinamentos, melhorias e investimentos.

As metas de um plano de movimentação de cargas podem incluir a redução do tempo do transporte, redução de custos, redução do gasto com combustíveis, entre outras coisas. Tudo depende da realidade de cada negócio!

2 – Faça Uma Boa Gestão de Riscos e Perdas

Como já falamos aqui, a gestão de riscos faz parte do processo de movimentação de cargas e é uma etapa importante, pois prevê adversidades e prepara o time para enfrentá-las caso realmente se concretizem.

Uma boa gestão de riscos considera a cadeia logística de ponta a ponta, desde o armazenamento até a entrega dos produtos.

3 – Padronize Seus Processos

Processos padronizados evitam erros. Para fazer isso, entenda quais são os processos em todas as etapas da movimentação de carga e analise um a um. Descubra quais podem ser automatizados e crie padrões para todos.

4 – Controle os Gastos

Se você não conhecer bem os gastos com logística da empresa, como vai reduzi-los? Por isso, o primeiro passo para diminuí-los é estudar detalhadamente todos os gastos envolvidos no transporte e movimentação de cargas.

Anote quais são referentes a estoque e armazenamento, mão de obra, combustível, seguros, manutenção, etc. Depois disso, ficará muito mais fácil entender quais podem ser cortados, quais podem ser reduzidos e quais precisam ser mantidos.

E não faça isso somente uma vez. O controle de gastos deve ser um hábito do gestor de movimentação de cargas, afinal, os custos podem variar de um mês para o outro e é preciso estar atento para identificar novas oportunidades de economia.

5 – Capacite Trabalhadores

A boa movimentação de cargas não depende somente de uma boa gestão, mas também de uma equipe dedicada e bem treinada. Para uma operação bem-sucedida, não deixe de oferecer o treinamento adequado a todos os trabalhadores envolvidos nessas atividades.

Dessa forma, eles passam a conhecer as melhores técnicas, ferramentas, procedimentos e padrões, trabalhando com mais segurança, menor taxa de erros e menos necessidade de retrabalho.

6 – Use Equipamentos de Segurança

Os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) são fundamentais para garantir a segurança de todas as pessoas envolvidas nos processos logísticos da empresa. 

Entenda a legislação da sua área para saber quais são os equipamentos obrigatórios e não deixe de fornecer materiais de qualidade para todo o time.

Além disso, faça um trabalho de conscientização sobre a importância dos EPIs para a segurança do trabalho, para garantir que todos os trabalhadores usem os equipamentos adequadamente.

7 – Defina Uma Boa Estratégia de Entregas

Quando falamos de uma entrega bem-sucedida, não estamos nos referindo somente à entrega dentro do prazo.  

Muitas outras ações estão envolvidas nesse processo, desde o acondicionamento correto dos produtos dentro do estoque até a sua manipulação pelo time de logística, garantindo a sua integridade e manutenção da sua qualidade.

É importante que o setor de logística tenha a estrutura e equipamentos adequados para armazenar e distribuir os produtos vendidos, garantindo o ambiente ideal para a sua conservação. 

Também é fundamental ter um processos eficientes de separação, preparo para envio e planejamento de rotas.

8 – Conheça a Legislação

O Ministério do Trabalho define normas para garantir a segurança em atividades de transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais. A Norma Regulamentadora nº 11 traz os requisitos mínimos e obrigatórios de segurança.

Já a Norma Regulamentadora nº 12 trata da Segurança do Trabalho em Máquinas e Equipamentos.

O bom gestor deve conhecer todas as essas normas para garantir o bom funcionamento das suas operações, dentro do que é exigido pela lei e oferecendo mais segurança para todas as pessoas envolvidas.

9 – Conte Com a Ajuda da Tecnologia

A tecnologia é uma grande aliada nos processos de gestão em indústrias. Ela permite a automação de processos, diminuindo as chances de erros, e o gerenciamento por meio de sistemas de gestão, que tornam o trabalho mais ágil e prático.

Como um Sistema de Gestão Auxilia na Movimentação de Cargas?

Contar com um sistema de gestão vai tornar o trabalho do gestor de movimentação de carga muito mais eficiente. 

Com um software, é possível armazenar e organizar todas as informações envolvidas na operação, facilitando o acesso a dados importantes e promovendo a tomada de decisão orientada por dados.

Dessa forma, é possível economizar tempo, reduzir custos, diminuir a incidência de retrabalho, controlar melhor os indicadores de desempenho e identificar gargalos para a aplicação de melhorias.

Conclusão

A movimentação de cargas é um trabalho importante dentro das empresas, principalmente quando se trata de indústrias. Quando bem gerenciada, ela pode trazer impactos positivos tanto para a experiência do cliente como para as finanças da empresa.

Para isso, garanta um bom planejamento, tenha uma equipe bem treinada, invista em equipamentos de qualidade e conte com o apoio da tecnologia para automatizar processos e tomar decisões mais inteligentes!

Deixe um comentário

três − um =