Notas fiscais para e-commerce como emitir

Notas fiscais para e-commerce: como emitir

Nos últimos anos, as lojas virtuais cresceram de forma muito grandiosa e acelerada, motivadas principalmente pelo avanço da internet, desenvolvimento de novas ferramentas e mudança de hábitos de consumo da sociedade. As compras online, que antes eram esporádicas, passaram a ser cada vez mais presentes em nossas vidas, e o compromisso a emissão de notas fiscais para e-commerce passaram a ser mais frequentes.

Com a pandemia do Coronavírus, em 2020 o e-commerce brasileiro cresceu 75% em relação ao ano anterior, segundo relatório recente da Mastercard SpendingPulse. Como consequência positiva do distanciamento social, o que antes era uma opção, se tornou quase a regra dentro deste novo contexto social.

Por isso, mais do que nunca as lojas virtuais devem pensar em formas de otimizar a experiência de compra, promovendo mais segurança e garantia para o consumidor na hora em que decide levar os produtos adicionados ao carrinho.

notas fiscais para e-commerce eletrônica sendo exibida em um notebook.

Muitos gestores ainda têm dúvidas, mas preparamos este artigo para você que precisa começar a emitir notas fiscais para seu e-commerce de forma simplificada, facilitada e segura. Se você é um deles, continue nos acompanhando para esclarecê-las.

Para começar, o que é uma nota fiscal?

As notas fiscais são documentos emitidos com a finalidade de formalizar as vendas realizadas por uma empresa. Todas as vezes em que sua empresa ou loja virtual processa uma compra e realiza um pagamento, deve formalizar esta transação, juntamente ao cliente, por meio deste documento. 

A nota fiscal eletrônica existe para fins tributários e fiscais e sua emissão é obrigatória. É de responsabilidade do vendedor e pode ser física ou virtual. Nas empresas, é uma ferramenta que contribui com a previsibilidade, principalmente por auxiliar a calcular estimativas de impostos, faturamento e estoque, por exemplo.

Quais pessoas ou instituições estão aptas a emitir nota fiscal?

No setor de produtos e serviços, a nota fiscal pode ser emitida por qualquer pessoa jurídica, mas com algumas condições:

  • É obrigatório ter um CNPJ ativo;
  • É necessário também realizar a emissão do seu certificado de assinatura digital;
  • Realizar um cadastro na Secretaria da Fazenda (SEFAZ).

Por que a nota fiscal é tão necessária?

Para esta pergunta, existem várias respostas. A mais importante delas é sua obrigatoriedade. A nota fiscal representa uma garantia de que a empresa está atuando dentro das práticas corretas, uma confirmação de que suas vendas estão em conformidade com os parâmetros legais do ecommerce, ou seja, todas as transações estão sendo registradas.

Você entendeu que com a nota fiscal, todos os envolvidos na transação de compra são beneficiados? Por um lado, a empresa garante sua qualidade e legalidade, e por outro, o consumidor pode ter a certeza de ter mais garantia e proteção durante sua compra.

Quais são os tipos de notas fiscais?

A expansão do comércio eletrônico e o avanço da tecnologia foram fatores que motivaram a evolução da nota fiscal, que atualmente, conta com alguns formatos, sendo a NFS-e (Nota Fiscal de Serviço Eletrônica), NFC-e (Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica) e NF-e (Nota Fiscal de Produto Eletrônica), cada uma com a sua modalidade específica. 

Além dos formatos, cada documento possui detalhes sobre a compra, que são obrigatórios, como a hora e a data exatas em que a compra foi feita, o valor e a descrição do que foi vendido, toda a carga tributária cobrada, entre outros detalhes muito necessários.

notas fiscais para e-commerce em branco, indicando os campos os campos obrigatórios: hora e data que a compra foi feita, o valor e a descrição do que foi vendido, toda a carga tributária cobrada, entre outros detalhes muito necessários.

Saiba como otimizar emissão de notas fiscais para e-commerce

Sabemos que para algumas empresas, realizar uma boa gestão de notas fiscais pode ser uma missão complexa, afinal, envolve etapas burocráticas, que sem um bom entendimento, pode levá-las a cometer erros. É muito comum que os gestores confundam os tipos ou até mesmo preencham dados incorretos ou inconsistentes, por exemplo. 

Nestes casos, para evitar problemas e otimizar o trabalho, uma boa solução é investir na gestão de notas fiscais para e-commerce com suporte de ferramentas tecnológicas, práticas e que possam facilitar o processo.

Muitas empresas já utilizam plataformas criadas com o objetivo de otimizar e simplificar esta atividade. As vantagens são diversas, principalmente porque promovem mais agilidade, segurança dos dados e possibilidades de armazenar informações importantes.

Outro fator muito necessário é a integração de clientes e contatos que as ferramentas possibilitam, por exemplo. Com o uso destas ferramentas, além de eliminar problemas e minimizar erros, o gestor pode realizar a gestão de notas fiscais, calcular impostos, eliminar burocracias, cumprir todas as obrigações fiscais e tributárias sem o receio de deixar passar despercebido algum detalhe.

A integração com plataformas de e-commerces e marketplaces é uma vantagem que merece destaque. Essa automação é fundamental para realizar não somente uma boa gestão das notas, mas principalmente reduzir o tempo e o custo com o preenchimento e a emissão dia após dia. Sem contar os diversos relatórios que facilitarão ter maior clareza e controle sobre o negócio.

Se você gostou deste artigo, que tal se aprofundar nos melhores conteúdos sobre gestão? Se restaram dúvidas, convidamos a registrá-las em nossos comentários. Sugestões de novos conteúdos são muito bem-vindas, nos ajude a criar conteúdos cada vez mais focados em ajudar seu negócio a crescer.

Deixe um comentário

catorze + 19 =