homem-conferindo-notebook-tablet

Relatórios e indicadores comerciais: o que são e como criá-los

Os relatórios e indicadores comerciais têm por finalidade expor informações sobre a empresa, de modo a auxiliar o gestor na elaboração de estratégias e tomada de decisões. 

A gestão é um dos pilares do sucesso de um negócio, concorda? Então os relatórios e indicadores podem ser vistos como ferramentas de apoio para um bom gerenciamento. Afinal, mostram, por meio de números, como anda o desempenho e a saúde da companhia.

Você sabe qual a importância dos relatórios e indicadores comerciais para a tomada de decisão? Sabe quais são os principais relatórios e como criar bons relatórios de vendas? Se não souber, não se preocupe. O post de hoje foi escrito para esclarecer todas as suas dúvidas sobre o assunto.

Boa leitura!

Qual a importância dos relatórios de vendas

Relatórios de vendas são documentos que disponibilizam informações claras e objetivas sobre a situação comercial da companhia.

“Quantas vendas foram realizadas por um vendedor específico”, “quais foram os gastos com transporte”, “quantas vendas foram realizadas por meio de canais digitais”, “qual o valor total de vendas por região”, enfim. Os relatórios servem para expor essas e tantas outras informações.

Quando usados corretamente, os relatórios podem servir de base para a tomada de decisão, direcionamento de estratégias e planejamento de ações

capa-ebook-planejamento-de-vendas

Por que utilizar indicadores de vendas? 

Os indicadores de vendas são instrumentos utilizados para mensurar o desempenho dos vendedores. Esses índices também podem ser inseridos dentro do relatório de vendas, juntamente a outros dados, e serem utilizados no planejamento de ações.

Muitas pessoas pensam que os relatórios e indicadores comerciais só favorecem o time comercial, uma vez que as informações presentes no documento são relacionadas apenas às vendas. Mas esse é um equívoco. Diversas áreas podem ser beneficiadas.

Pense só, se você tiver acesso a relatórios e indicadores de qualidade, o seu time de marketing pode avaliar com mais clareza quais estratégias trouxeram resultados e quais precisam ser aprimoradas. 

Da mesma forma, o setor financeiro pode direcionar os recursos de forma mais inteligente e o contas a receber a ter mais controle sobre o que foi vendido e qual valor precisa entrar em caixa.

Interessante, não é? A empresa é beneficiada como um todo pelos relatórios e indicadores.

Como criar bons relatórios de vendas

Agora que você já sabe o que são relatórios e indicadores comerciais, e porque são importantes, deve estar pensando: “Como posso criar bons relatórios de vendas para a minha empresa?” Pois bem, você pode seguir as dicas que separamos abaixo:  

Dica 1: Utilize apenas as informações relevantes

Se você quer criar um relatório comercial perfeito, você precisa ser objetivo e utilizar apenas as informações relevantes. 

Número de vendas, ticket médio, produtos mais vendidos, custo de aquisição de cliente (CAC), produtos em falta, histórico de vendas, desempenho por produto comercializado, enfim. Defina quais dados são importantes e irão ajudar você a compreender a situação real dos negócios. 

Dica 2: Insira todas as metas do setor e os prazos

Estabelecer metas e prazos é importante para direcionar a equipe comercial. Mas, mais do que isso, serve para verificar se os vendedores estão conseguindo cumprir com todos os propósitos. 

Uma vez que você tem acesso a essas informações, ficará mais fácil acompanhar as vendas e o progresso de cada vendedor. Também, identificar erros que podem estar afetando o desempenho.   

Dica 3: Use uma linguagem simples e de fácil compreensão

A objetividade evita confusões e interpretações errôneas. Assim sendo, use uma linguagem simples e de fácil compreensão nos relatórios para que as pessoas consigam entender, sem demora, tudo o que está sendo dito. 

Dica 4: Mostre dados atuais

Não adianta nada traçar estratégias e montar um planejamento de ações com base em números ultrapassados. Se você quer fazer uma boa gestão e tomar decisões realmente assertivas, você precisa certificar que os dados nos relatórios são atuais e mostram a real situação da empresa.  

sistema de gerenciamento de vendas

Principais relatórios e indicadores comerciais   

Com os relatórios você consegue gerir as vendas realizadas por período e fazer uma projeção de vendas futuras. Da mesma forma que, com os indicadores, consegue identificar com mais facilidade quais foram os acertos e falhas no atendimento. 

Mas, que relatórios e indicadores usar se são muitos? Abaixo, veja os principais: 

Relatório de vendas

  • Análise de rentabilidade por representante: nesse modelo são inseridos dados que comprovam o quanto de retorno um representante trouxe em vendas. 
  • Curva ABC de vendas: esse modelo é utilizado para organizar os clientes por ordem de relevância. Ou seja, aqueles que adquiriram mais produtos em um determinado período. 
  • Entrada de pedido por vendedor: nesse modelo são inseridas todas as vendas realizadas por cada representante. 
  • Cadência de vendas por cliente: esse modelo de relatório mostra o tempo de duração que um cliente levou para passar para a próxima etapa do funil de vendas

Indicadores

  • Ticket Médio: este indicador fornece o valor médio de vendas por cliente; 
  • Custo de Aquisição de Cliente: o CAC mostra o custo que a empresa teve para atrair um cliente;
  • Life Time Value (LTV): é o valor que um cliente retorna ao longo do tempo;
  • Ciclo de vendas: mostra o período de tempo que a empresa leva para fechar um negócio, desde a aquisição do cliente até a compra; 
  • Taxa de conversão: é um indicador utilizado para mensurar os resultados das vendas em um determinado período;
  • Margem de contribuição: este indicador fornece quanto a venda de um produto contribuirá para cobrir todos os custos da empresa.

WebMais: relatórios e indicadores comerciais ao seu alcance 

Nessa altura do texto, você deve estar pensando que criar bons relatórios de vendas e calcular todos os indicadores é complicado demais. Afinal, envolve uma série de números, dados e informações.

No entanto, já existe uma solução tecnológica capaz de tornar esses procedimentos muito mais fáceis: o WebMais.

O ERP WebMais possui diversos relatórios comerciais prontos para te auxiliar. Entre eles o relatório de evolução de faturamento, relatório de resultados por período e relatório de curva ABC de faturamento que podem ser utilizados para acompanhar os principais indicadores de vendas. 

Legal, não é?

Se você quer saber mais sobre como o WebMais funciona e como pode auxiliar na criação de relatórios e análise de indicadores, clique e converse com um de nossos consultores agora mesmo

Deixe um comentário

oito − 4 =