Romaneio

Entenda O Que É Romaneio, Importância E Como É Feito

O romaneio é uma lista com todos os itens que serão transportados em um processo de entrega. Ele identifica de forma objetiva as mercadorias de um lote, para que as entregas sejam feitas com maior agilidade.

Esse documento é de fundamental importância para o setor de logística e, neste artigo, além de saber mais sobre o romaneio, você vai entender como ele é feito, quais são os seus benefícios e conferir um exemplo de emissão em um sistema de gestão.

Boa leitura!

O Que É O Romaneio?

O romaneio é um documento que lista tudo o que está sendo transportado e as principais informações sobre cada item. Um romaneio pode ser de carga, de entrega ou de embarque, a depender da situação. 

O romaneio deve conter informações como a descrição de cada produto, o volume, sua marcação, identificação e informações sobre sua embalagem, com peso líquido e dimensões, por exemplo.

Esse documento também é muito utilizado no desembaraço aduaneiro, sendo necessário para a liberação de mercadorias pela alfândega.

Para Que Serve O Romaneio?

O principal objetivo do documento é evitar erros nos processos de entrega de produtos e facilitar a conferência dos produtos, tanto pela pessoa responsável pelo transporte, na hora de fazer o carregamento, como por quem a recebe.

O romaneio também serve para facilitar o trabalho dos fiscais quando o veículo é parado durante o transporte – apesar de não substituir os documentos fiscais.

Por Que É Romaneio É Importante?

O romaneio é importante porque facilita o trabalho de todo o time de logística da empresa, além do motorista responsável pela carga, Assim, as entregas podem ser feitas de forma muito mais segura, diminuindo os riscos de erros no processo e com maior agilidade.

Além disso, em casos de acidentes ou roubos de carga, as seguradoras costumam se basear no romaneio para avaliar os itens extraviados e fazer a indenização. Por isso, é importante que você sempre tenha uma cópia do documento.

Como O Romaneio É Emitido?

O romaneio é um documento relativamente simples, que pode ser gerado por planilhas ou por sistemas de gestão com essa funcionalidade. 

Essa segunda opção é a mais indicada, pois torna o processo mais ágil e diminui as chances de erros, já que é automatizado Além disso, a tecnologia permite que o romaneio seja integrado a outras etapas do processo logístico.

Qual O Padrão Precisa Ser Seguido Para A Emissão Do Romaneio?

Não existe um modelo único de romaneio que precise ser seguido por todas as empresas. O indicado é que cada organização desenvolva o seu modelo de acordo com as suas necessidades e, a cada remessa, faça o seu preenchimento.

As únicas exigências para o romaneio é que ele tenha as seguintes informações:

exigências para o romaneio
  • quantidade de volumes;
  • identificação única nos volumes;
  • nome do remetente e do destinatário;
  • origem e destino da carga;
  • informações do veículo e do motorista;
  • tipos de embalagens;
  • peso, dimensões e volume unitários;
  • notas fiscais presentes no envio.

A quantidade e a natureza das informações podem ser personalizadas de acordo com as necessidades de cada empresa ou remessa.

O Romaneio De Carga É Obrigatório Por Lei?

O romaneio não é obrigatório para todas as empresas, segundo a legislação. São dois os documentos que regulamentam a sua emissão:

De acordo com a lei, o romaneio é obrigatório quando a carga tiver que atravessar uma fronteira internacional e quando for classificada como perigosa, como é o caso de combustíveis, remédios e produtos que oferecem riscos ao meio ambiente.

Quais São Os Benefícios Que Ele Proporciona Para A Empresa?

benefícios do romaneio

Apesar de não ser obrigatório em muitos casos, as empresas podem se beneficiar muito com a emissão do documento. Como você já sabe, ele organiza e facilita os processos logísticos, tanto internamente como para o motorista e para o receptor da carga.

Além disso, oferece os seguintes benefícios:

  • melhora a comunicação com o cliente;
  • permite que a empresa tenha maior controle sobre os processos logísticos;
  • facilita a prestação de contas;
  • facilita a obtenção de indenizações em casos de sinistro;
  • traz maior transparência para o processo de conferência e fiscalização de carga.

O Que É Romaneio Simplificado?

O romaneio simplificado é uma declaração mais simples dos itens que estão sendo transportados, contendo somente informações suficientes para atender as necessidades da empresa.

Assim como o modelo completo, ele pode ser emitido por planilhas ou por sistemas automatizados, que permitem a personalização dos campos do documento. 

Há Relação Entre Romaneio E Manifesto?

O manifesto é um documento muito utilizado no transporte de cargas fracionadas. Ou seja, quando um caminhão carrega produtos diferentes entre si e até mesmo de empresas diferentes. 

Já o romaneio costuma ser usado no transporte de cargas únicas. No entanto, os dois têm a mesma finalidade, que é facilitar o processo de conferência e de fiscalização, além de possibilitar uma melhor organização interna da empresa.

Exemplo De Emissão De Romaneio Em Um Sistema De Gestão

Como falamos, a emissão do romaneio por meio de um sistema de gestão é a forma mais prática e segura de obter o documento. 

Esse tipo de sistema automatiza os processos e, por isso, diminui significativamente as chances de erros, deixando o trabalho mais seguro e evitando retrabalho e problemas com a fiscalização.

A seguir, veja um exemplo de romaneio emitido pelo sistema ERP da Webmais:

romaneio sistema webmais

Conclusão

O romaneio é um documento que traz muitos benefícios para a empresa e, mesmo não sendo obrigatória, a sua emissão é indicada para os negócios que desejam ter processos mais organizados e maior controle sobre os seus processos logísticos.

Contar com a tecnologia pode deixar esse trabalho ainda mais fácil, pois um sistema como o ERP Webmais automatiza uma série de etapas e integra a confecção do documento a outras etapas do processo logístico.

Deixe um comentário

sete − 3 =